Administrar Condomínio I



Artigo publicado no dia: 12/11/2017

Falando em condomínio

Administrar Condomínio I

José Maria Braz Pereira


Baseado na experiência adquirida como consultor de empresas, aliada a uma participação efetiva em diversas ações e cursos promovidos pela Lógica Comunicação, como por exemplo, em todas as edições do Dia do Síndico, desde 2009, e em mais de 300 assembleias condominiais, hoje posso afirmar algumas certezas que adquiri sobre a administração de condomínios.

A gestão de um condomínio, para que seja eficaz e profissional, deve passar pelo caminho da conciliação das diferenças, gostos e reais necessidades dos moradores daquela edificação tornando-a harmoniosa e compatível com a legislação sobre condomínios. A propriedade é um direito subjetivo, relativo e limitado, que deve atender a uma função social. Ao mesmo tempo, tem a função individual de satisfazer a um interesse próprio, ainda que com a responsabilidade social de atender ao interesse coletivo. Por isso, há uma particularidade que devemos assinalar: a de que cada condômino tem poder exclusivo sobre sua unidade, mas se sujeitando à propriedade coletiva do terreno, alicerces, partes externas, pórtico de entrada, áreas de serviços e comuns, e dos elevadores. Ou seja, com base no que estabelece o artigo 1331 da Lei 10.406/02 do Código Civil, especialmente do seu parágrafo 1º, cada condômino deve se esforçar para ser submetido a tudo que garanta um processo indispensável que leve à coesão orgânica de um conjunto econômico-jurídico.

Essa visão demonstra que administrar um condomínio implica em aquisição de conhecimentos interdisciplinares, não somente de administração, mas também de finanças, contabilidade e legislação. Daí, verificamos que a gestão condominial demanda ainda conhecimento de gestão de processos, infraestrutura, psicologia, ética, treinamento, desenvolvimento, relações humanas e comunicação.

Nessa nossa experiência profissional, foi possível perceber fatos que não deveriam acontecer nos condomínios, já que leis deveriam ser obedecidas, como nos casos referentes a obras, por exemplo. Também constatamos situações em que não são respeitados os quóruns estabelecidos, não são apresentados os três orçamentos, no mínimo, convocações são feitas com pautas grandes e não condizentes com o que se deveria... Temos ainda a prestação de contas de obras que, em muitos casos, não são discutidas em assembleia, e obras em áreas comuns como assuntos recorrentes.

Como o tema é importante, precisamos estar atentos sobre onde vamos relatar um modelo de administração de condomínio para que ele possa ser aplicado a outros condomínios. Fica aqui a reflexão. Aguardo vocês no 8º Dia do Síndico, dia 25 de novembro. Até logo.

 

Fonte: O Síndico em revista ed. 23.

Histórico de artigos

12/11/2017 - Falando em condomínio...

24/09/2017 - Falando em condomínio...

09/07/2017 - Falando em condomínio...

07/06/2017 - Inadimplente ativo, passivo e superendividado

20/04/2017 - Falando em condomínio

24/09/2016 - Falando em condomínio...

11/07/2016 - Falando em condomínio...

25/04/2016 - Falando em condomínio com o consultor José Maria Braz Pereira

16/03/2016 - Rateio de despesas

02/03/2016 - Férias e auxílio-doença

04/02/2016 - Falando em condomínio...

02/12/2015 - Auxílio-doença

09/11/2015 - Falando em condomínio...

30/09/2015 - Renata Rocha - advogada

10/09/2015 - Falando em condomínio...

15/07/2015 - Falando em condomínio ...

26/05/2015 - Falando em condomínio...

12/03/2015 - Falando em condomínio...

19/01/2015 - Falando em condomínio...

06/11/2014 - Falando de condomínio

08/10/2014 - Os seguros condominiais e as coberturas inadequadas

15/09/2014 - Falando de condomínio

04/09/2014 - FALANDO DE CONDOMÍNIO...

08/08/2014 - Câmeras de segurança

14/07/2014 - Como prevenir roubos e assaltos em condomínios

09/06/2014 - Falando de condomínio

09/05/2014 - Rateio de despesas em condomínios mistos

15/04/2014 - As formas de remuneração do síndico

15/04/2014 - Falando de condomínio

08/02/2014 - A destituição do Síndico II

20/12/2013 - Condomínio no dia a dia

22/11/2013 - A destituição do Síndico

06/11/2013 - Condomínio no dia a dia

06/11/2013 - Condomínio no dia a dia

30/08/2013 - Condomínio no dia a dia

17/05/2013 - As responsabilidades do síndico

21/03/2013 - Inadimplência

16/11/2012 - Artigo

24/08/2012 - Capacitação e Reciclagem

20/07/2012 - Despesas

22/06/2012 - Condomínio no dia-a-dia

27/04/2012 - Conflitos pessoais nos condomínios e reflexos jurídicos

24/02/2012 - CONDOMÍNIO DIA A DIA...

14/11/2011 - CONDOMÍNIO DIA A DIA...

20/09/2011 - “Ser ou estar síndico"

15/07/2011 - José Maria Braz Pereira, consultor de condomínios

13/05/2011 - José Maria Braz Pereira, consultor de condomínios

21/03/2011 - José Maria Braz Pereira, consultor de condomínios

14/01/2011 - Condomínio no dia a dia

12/11/2010 - Assembleia

08/09/2010 - Convenção

02/07/2010 - Assembleias

07/05/2010 - Síndico

26/02/2010 - Natureza

17/01/2010 - Legislação

15/01/2010 - Equilíbrio e Paz

13/11/2009 - Gerenciando Condomínios

28/04/1994 - Falando de condomínio

28/04/1994 - Falando de condomínio

00/00/0000 - Condomínio no dia a dia

00/00/0000 - Condomínio no dia a dia

 
Página Inicial | Anuncie Aqui | Notícias | Currículos | Revista O Síndico | Índices | Contato
Síndico JF © 2014 Desenvolvimento: