Coronavírus: cuidados no descarte de lixo para evitar a proliferação

20 set | 2 minutos de leitura
Apesar das recomendações de isolamento e de cancelamento de atividades coletivas devido à pandemia do coronavírus, alguns serviços essenciais para a sociedade seguem em operação

Sabe-se que os profissionais da área da saúde são os mais requisitados no enfrentamento do Coronavírus, mas os responsáveis por outros setores básicos também estão na linha de frente desse combate, encarando um maior risco em nome do restante da população.

Por isso, é fundamental que quem pode seguir as recomendações de quarentena o faça, em nome dos profissionais que neste momento não têm essa possibilidade. Uma dessas medidas diz respeito aos cuidados especiais com o descarte de lixo, que também pode ser um caminho para a contaminação – principalmente para quem realiza as coletas, os agentes de limpeza e os de reciclagem.

Os cuidados devem começar dentro de casa, preservando também colaboradores do condomínio responsáveis pela higiene, que são os primeiros a ter contato com o lixo na sua comunidade. Existem recomendações específicas para evitar que o descarte inadequado prejudique quem o cuida do lixo por todos nós.

Confira algumas delas e certifique-se de que seus cuidados com a saúde estejam protegendo também aos demais!

  1. Controle do volume – Para evitar rasgos nas sacolas e vazamento de resíduos, ocupe cerca de dois terços da capacidade do saco de lixo. Esse cuidado também facilita o fechamento do saco, que deve ser feito com um nó ou lacre.
  2. Reforço na proteção – Para proteger melhor os resíduos e evitar vazamentos, procure usar no mínimo dois sacos para isolar o lixo. Apesar do consumo extra de plástico que a medida implica, este é um momento em que a saúde e o bem-estar humanos devem ser priorizados.
  3. Separe itens de proteção – Ao mesmo tempo em que as máscaras servem para evitar a contaminação de quem as usa, elas também podem se tornar um fator de risco para quem manuseia resíduos em seu ofício. Para evitar que esses profissionais tenham contato com os materiais de proteção descartados, separe luvas e máscaras em sacolas só para isso e, de preferência, duplas.

Em casos de suspeita ou diagnóstico de Covid-19, os cuidados devem ser ainda maiores. Se esse for o seu caso, ou de alguém que você conhece, siga as seguintes recomendações:

  1. Se você mora com outras pessoas, é necessário ter uma lixeira de uso exclusivo no seu ambiente de isolamento, sem contato com o lixo dos demais moradores da casa.
  2. O seu isolamento precisa ser mais rígido. Portanto, se for possível, outra pessoa deve fazer o descarte por você. Higienize todos os pontos de contato com a lixeira, como as alças e a tampa, para reduzir o risco de contágio.
  3. A pessoa responsável pelo descarte deve estar devidamente protegida, com luvas e máscara. Retirar o saco da lixeira pelo lado de fora, fechá-lo com muito cuidado visando impossibilitar vazamentos e utilizar dois sacos para isolar o conteúdo. É importante também colocar os sacos em áreas compartilhadas apenas nos dias de coleta, nunca antes.

FONTE: Blog Town Sq


Projeto de lei quer obrigar condomínios em JF a denunciar casos de violência doméstica26, novembro 2021

Projeto de lei quer obrigar condomínios em JF a denunciar casos de violência doméstica

Condomínios residenciais, comerciais e mistos existentes em Juiz de Fora podem ser obrigados a comunicar casos de violência doméstica ocorridos em suas […]

Leia mais
Quais as responsabilidades do condomínio sobre furtos?25, novembro 2021

Quais as responsabilidades do condomínio sobre furtos?

Saiba os direitos e deveres dos moradores e como agir nessa situação Mesmo tomando todos os cuidados com a segurança e tendo […]

Leia mais
Como organizar as chaves no condomínio?24, novembro 2021

Como organizar as chaves no condomínio?

Como sabemos, organização é característica imprescindível para os síndicos. Objetivando ajudar nesta tarefa, este artigo vai abordar o tema chaves no condomínio. Tudo começa […]

Leia mais