Zelador: o braço direito do síndico

11 fev | 3 minutos de leitura
Fabiano é zelador de um condomínio com 440 apartamentos e criou vínculo de amizade com os moradores

Celebra-se, em 11 de fevereiro, o Dia do Zelador, um profissional importante dentro dos condomínios e que é considerado o braço direito dos síndicos. Cabe a ele assegurar que tudo funcione corretamente, identificando a necessidade de manutenções, verificando a limpeza das áreas comuns e observando se o regulamento interno está sendo cumprido, entre outras atribuições descritas no Código Brasileiro de Ocupações. Pensando em homenagear a categoria nesta data, o SindicoJF entrevistou um zelador que realiza sua função com dedicação e esmero.

Antes mesmo de chegar

Por volta de 6 horas da manhã, ele acorda. Após tomar banho e beber o café recém-passado, prepara a marmita com o almoço. Às 7h30 é hora de sair de casa rumo ao trabalho. Vai a pé mesmo: 20 minutos de caminhada separam sua casa, no bairro Francisco Bernardino, do local onde trabalha, no Bairro Industrial. Antes mesmo de chegar, a cabeça já está no serviço. Durante o percurso, confere o celular para relembrar o que precisa ser feito no dia que se inicia ou se alguma demanda urgente aparecera. Preocupa-se também em verificar se as equipes estão trabalhando conforme o que é esperado delas. Tudo certo: o porteiro chegou, assim como o pessoal que faz a limpeza. Mais um dia se inicia.

Assim é a rotina de Fabiano Nascimento Pires, de 39 anos, que há cinco anos é zelador do condomínio Parque Residencial Jardim Atlântico. Casado e pai de duas filhas, tem a responsabilidade de zelar por um espaço que conta com 440 apartamentos. “É um minibairro”, comenta. Feliz com a sua atuação profissional, tem consciência de que todos os dias aparecem desafios diferentes e sempre há algo a ser feito, seja um vazamento de água para consertar, um problema na parte elétrica, entupimento na rede ou mesmo algo no monitoramento eletrônico.

Tudo é feito com muito profissionalismo, o que é reconhecido pelos condôminos. “Já criei aquele vínculo de amizade pelo tempo que tenho de trabalho, pela confiança que eles têm em mim, pela minha dedicação. Eu me sinto um funcionário que é amigo dos moradores. Logicamente, sem exceder. Não tenho nada a reclamar: me dou muito bem com os condôminos”, relata Fabiano, comentando um momento especial que vivenciou nestes cinco anos como zelador.

“Há três anos, foi feita uma festa junina. Montamos até barracas. Não quero dizer que fui o pivô, mas me dediquei ao máximo que pude. No dia da festa, decidi fazer uma fogueira perto da piscina. Os condôminos adoraram. Até hoje eles comentam comigo. Chegaram a falar que aquela fogueira iluminaria o condomínio e traria paz. Nunca vou esquecer. Foi bem gratificante para mim.”

Como se fosse o próprio lar

Em nome do Sieps JF, Philipe parabeniza os zeladores pelo importante papel que desempenham

Perguntado sobre qual mensagem gostaria de deixar parar os colegas de profissão justamente na data em que ela é celebrada, Fabiano não pensou duas vezes: “Que todos os zeladores fizessem o mesmo. Que cuidassem do condomínio em que trabalham como se fosse o próprio lar. Que fizessem de cada dia, um dia sempre melhor do que o anterior. Que sejam ótimos profissionais, porque assim serão reconhecidos, não somente como zeladores, mas como homens dignos e cuidadores. Queria parabenizar todos os amigos de profissão.”

Meio de campo

A atuação dos zeladores é destacada pelo presidente do Sindicato das Empresas de Asseio, Conservação e Prestação de Serviços de Mão de Obra Especializada e Não Especializada de Juiz de Fora (Sieps JF), Philipe Amorim. Ele explica que a atuação do zelador é bem ampla, trabalhando entre a limpeza e a portaria. “E, ao mesmo tempo, fazendo a zeladoria do condomínio, que é a limpeza e manutenção”, afirma, destacando os benefícios para o condomínio de contar com um zelador:

“O benefício para o condomínio é que o zelador é o braço direito do síndico. Ele fica o tempo todo dentro do condomínio e tem uma ligação direta com o síndico e a administradora. Pode ver um vazamento de água, uma porta estragada, um problema elétrico, a parte hidráulica… Tudo isso é tarefa do zelador, assim como fiscalizar a área comum do condomínio. Queríamos parabenizar pelo dia e pela função importante que desempenham”.

FONTE: Equipe SíndicoJF | Thiago Stephan


Acontece em junho a primeira edição do Curso Locação de Imóveis Urbanos18, maio 2022

Acontece em junho a primeira edição do Curso Locação de Imóveis Urbanos

Já estão abertas as inscrições para a primeira edição do Curso Locações de Imóveis Urbanos O curso, que tem duração de doze […]

Leia mais
Riscos do envidraçamento de sacadas e varandas de condomínio16, maio 2022

Riscos do envidraçamento de sacadas e varandas de condomínio

Varandas ou sacadas valorizam inegavelmente os apartamentos, compõem um espaço externo agradável na própria unidade, possuem um custo menor para as construtoras […]

Leia mais
Conheça os tipos de quóruns no condomínio14, maio 2022

Conheça os tipos de quóruns no condomínio

O conceito de quórum costuma gerar dúvidas que devem ser esclarecidas, pois esse assunto traz inúmeros questionamentos e incertezas por parte dos […]

Leia mais