Ações condominiais crescem quase 300% no Rio

14 jul | 1 minuto de leitura
Crescimento das ações é mais um reflexo da pandemia que intensificou o isolamento social e a inadimplência

As ações condominiais cresceram quase 300% neste semestre subindo de 1.045 para 4.143 na comparação com o mesmo período do ano passado. Para se ter ideia, de janeiro a junho de 2020 comparando com os seis primeiros meses de 2019 houve queda de 18,7%, ou seja, caindo de 1.285 em 2019 para 1.045 no ano passado. Analisando as regiões da cidade, o crescimento aconteceu em todas as 11 comarcas.

Para o Secovi Rio (Sindicato da Habitação), o avanço é mais um reflexo da pandemia, que intensificou o isolamento social dentro dos condomínios e a inadimplência.

Já a quantidade de ações locatícias em junho foi de 428 contra 328 do mesmo mês de 2020, aumento de 30,5%. Comparando de janeiro a junho deste ano, a alta foi de 24,8%. Em relação ao percentual de “despejo por falta de pagamento” sobre o total das notificações houve estabilidade de 68,2%. Em maio fechou com 67,9%.

O estudo do Secovi Rio teve base nas informações apuradas no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ) e foram analisadas pelo Centro de Pesquisa e Análise da Informação do sindicato (Cepai).

FONTE: O Dia


Acontece em junho a primeira edição do Curso Locação de Imóveis Urbanos18, maio 2022

Acontece em junho a primeira edição do Curso Locação de Imóveis Urbanos

Já estão abertas as inscrições para a primeira edição do Curso Locações de Imóveis Urbanos O curso, que tem duração de doze […]

Leia mais
Riscos do envidraçamento de sacadas e varandas de condomínio16, maio 2022

Riscos do envidraçamento de sacadas e varandas de condomínio

Varandas ou sacadas valorizam inegavelmente os apartamentos, compõem um espaço externo agradável na própria unidade, possuem um custo menor para as construtoras […]

Leia mais
Conheça os tipos de quóruns no condomínio14, maio 2022

Conheça os tipos de quóruns no condomínio

O conceito de quórum costuma gerar dúvidas que devem ser esclarecidas, pois esse assunto traz inúmeros questionamentos e incertezas por parte dos […]

Leia mais