Quais são as regras de uso do elevador do condomínio?

02 jul | 2 minutos de leitura
É importante observar as regras de uso do elevador do condomínio para que haja um bom convívio entre todos. Veja as regras mais comuns

Todos os moradores precisam conhecer e cumprir as orientações sobre o uso correto do elevador do condomínio. Este tipo de comportamento não somente garante economia de energia, como também evita desentendimentos e polêmicas. Tanto quanto em relação a outros equipamentos e espaços comuns, é importante observar as regras de uso do elevador do condomínio para que haja um bom convívio entre todos.

Uma das regras que vêm sendo observadas pelos condomínios é que elevador social é destinado ao transporte de pessoas, enquanto o elevador de serviço é destinado a cargas, animais de estimação e banhistas. Sendo assim, empregados dos moradores utilizam o elevador social.

Regulamento Interno

Esta e outras orientações para otimização e uso correto do elevador do condomínio devem ser deliberadas em assembleias e descritas no Regimento Interno de cada condomínio.

Devem ser rigorosamente observadas por todos os condôminos e funcionários, evitando assim mal entendidos e restrições descabidas.

Uma vez que a Constituição Federal aprovada em 1988 assegura a igualdade de todos perante a Lei, sem distinção de qualquer natureza, vale lembrar que restrições de uso do elevador social só se justificam quando a pessoa estiver carregando alguma carga, baldes, vassouras, rodos ou qualquer outro material de limpeza.

Além de banhistas e animais, o elevador de serviços, como o próprio nome já diz, deve ser utilizado principalmente para mudanças, transporte de carrinhos de supermercados cheios ou vazios e todo material utilizado em reformas.

No caso de banhistas, as regras estipuladas podem exigir que eles utilizem apenas os elevadores de serviço, evitando umidade nos carpetes do social e resíduos de areia e do mar que podem acarretar ferrugem e outras deteriorações.

Respeito e bom senso

Outro ponto que gera muitas discussões quanto a utilização do elevador de condomínio é quando se está com compras ou encomendas. Também aqui deve haver respeito às regras estipuladas e bom senso.

Se o que está sendo carregado causar mal cheiro ou mesmo soltar algum tipo de resíduo, o mais indicado é a utilização do elevador de serviço. O mesmo vale para quando se está fazendo uso do carrinho de compras do condomínio.

Caso contrário, compras e encomendas, quando bem embalados, não causam prejuízos ao próprio elevador e nem a outros condôminos que podem estar utilizando o equipamento.

Regras de bom uso do elevador do condomínio

  • Evite deixar crianças desacompanhadas nos elevadores;
  • Não acione várias vezes o botão de chamada;
  • Nunca chame dois elevadores ao mesmo tempo;
  • Não bloqueie ou impeça o fechamento das portas;
  • Verifique que o elevador realmente esteja parado no andar chamado;
  • Não acione o botão de emergência sem necessidade;
  • Observe sempre a lotação máxima;
  • Evite movimentos bruscos ou brincadeiras como pular no interior da cabine;
  • Espere os usuários sair para, somente depois, entrar;
  • Não fume no interior dos elevadores;
  • Evite a entrada de água no poço;
  • Não force a abertura ou fechamento das portas.

Como outros assuntos polêmicos em um condomínio, recomenda-se que sempre as regras sejam observadas de acordo com o que foi aprovado em assembleia e estabelecidas no Regimento Interno.

FONTE: Tudo Condo


Cresce adesão à energia solar por assinatura em Juiz de Fora19, julho 2024

Cresce adesão à energia solar por assinatura em Juiz de Fora

Por sustentabilidade, entendemos, a forma de suprir as necessidades do presente sem afetar as gerações futuras. O desenvolvimento sustentável busca maneiras de […]

Leia mais
Condomínios Clube – A Importância do Controle Patrimonial14, julho 2024

Condomínios Clube – A Importância do Controle Patrimonial

  ESCRITO POR: Sergio Paulo da Silva Sócio da Indep Auditores Independentes, perito contábil, auditor contábil CNAI e membro da Comissão de […]

Leia mais
Advogada de JF é membro da Comissão Nacional de Direito Condominial da ABA11, julho 2024

Advogada de JF é membro da Comissão Nacional de Direito Condominial da ABA

Silayne Viccini soma mais de duas décadas no ramo condominial e está à frente da Lázuli Condomínios e Síndicos Somando mais de […]

Leia mais