Hall de entrada: o cartão de visitas do seu condomínio

19 nov | 2 minutos de leitura
Espaço deve sempre proporcionar aos moradores e visitantes uma sensação boa, que transmita uma certa receptividade, além disso, precisa ser clean e bastante confortável

O hall de entrada possui um importante papel nos condomínios, sejam eles residenciais ou comerciais, já que é considerado o cartão de visitas do prédio. Devido isso, a decoração feita nesse ambiente poderá desde valorizar ainda mais o empreendimento ou até mesmo passar uma má impressão.

Esse espaço deve sempre proporcionar aos moradores e visitantes uma sensação boa, que transmita uma certa receptividade, além disso, precisa ser clean e bastante confortável.

O que fortalece a importância de se criar e executar um bom projeto decorativo para este local.

Para fazer uma boa decoração, valorizar o imóvel e causar uma boa impressão a quem passa pelo hall de entrada, existem vários aspectos a serem considerados, tais como: combinação de cores, objetos e móveis bem posicionados, e uma boa iluminação que enalteça o ambiente, dando a sensação agradável de estar ali. Tudo precisa estar em harmonia.

Vale lembrar que por ser considerado uma área comum do condomínio, o hall de entrada está sujeito às regras do empreendimento, devendo seguir as normas da Convenção e do Regimento Interno, e se tiver alguma questão relacionada a decoração é preciso ser averiguada antes de qualquer alteração, além de também de ser necessária a aprovação da Assembleia.

Dicas de decoração para o hall de entrada do seu condomínio:

  • Iluminação: geralmente são recomendados o uso dos spots, para realçar alguma peça específica e interessante. Mas não se pode deixar de lado a iluminação central, que também ajuda muito no destaque do ambiente. Uma dica, se tiver o pé direito alto, capriche num lustre, ele irá dar um certo requinte para o local.
  • Piso: se puder escolher, opte pelos laváveis, já que possuem mais duração e é mais fácil de dar manutenção. Se quiser dar mais destaque, os pisos de cerâmicas, mármores, granitos e porcelanatos em cores claras. Não é recomendado o uso de madeira e carpete, já que possui uma higienização mais difícil.
  • Paredes: podem ser pintadas ou até mesmo ser revestidas de papel de parede, de preferência nas cores claras. Se o ambiente tiver pé direito baixo, pode abusar das listras verticais.

Mas se o local for pequeno e apertado, as listras horizontais irão ajudar a dar amplitude. E se o espaço for grande, pode utilizar papel de parede com estampas grandes. E para realçar o ambiente, pode pintar apenas uma parede com tonalidades quentes, como vermelhos, laranjas ou amarelos.

  •  Mobília: a circulação não pode ser prejudicada, coloque um aparador para enfeitar o ambiente. Use espelhos, para dar charme no hall de entrada.
  •  Plantas: opte por colocar plantas naturais, mas desde que não precisem de muita manutenção e nem luz direta.

FONTE: Síndico Legal


Projeto de lei quer obrigar condomínios em JF a denunciar casos de violência doméstica26, novembro 2021

Projeto de lei quer obrigar condomínios em JF a denunciar casos de violência doméstica

Condomínios residenciais, comerciais e mistos existentes em Juiz de Fora podem ser obrigados a comunicar casos de violência doméstica ocorridos em suas […]

Leia mais
Quais as responsabilidades do condomínio sobre furtos?25, novembro 2021

Quais as responsabilidades do condomínio sobre furtos?

Saiba os direitos e deveres dos moradores e como agir nessa situação Mesmo tomando todos os cuidados com a segurança e tendo […]

Leia mais
Como organizar as chaves no condomínio?24, novembro 2021

Como organizar as chaves no condomínio?

Como sabemos, organização é característica imprescindível para os síndicos. Objetivando ajudar nesta tarefa, este artigo vai abordar o tema chaves no condomínio. Tudo começa […]

Leia mais