Condomínios de JF já podem reabrir salão de festas e demais áreas de lazer

12 out | 3 minutos de leitura
Prefeitura libera salão de festas e áreas de lazer dos condomínios e recomenda esquema vacinal em dia

Com o novo Decreto (14.775/21), publicado pela Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) no dia 21 de setembro, os condomínios da cidade já podem reabrir salão de festas e demais áreas de lazer, tais como academias, sala de jogos, piscinas e churrasqueiras. Segundo as orientações do “Programa JF Viva”, os protocolos de segurança sanitária devem ser seguidos. O Executivo recomenda ainda estar com o esquema vacinal em dia contra a Covid-19 para acesso e permanência nestes espaços. Essa é a primeira vez que a PJF divulga regras que incluem também os condomínios.

O novo programa veio para substituir o “Juiz de Fora pela Vida”, que condicionava o funcionamento de diversos serviços apenas aos indicadores epidemiológicos. Nele, a cidade possuía restrições por meio de faixas (roxa, vermelha, laranja, amarela e verde). Todas as segundas-feiras o comitê gestor se reunia para deliberar se JF poderia avançar ou regredir na reabertura. Durante um tempo, houve oscilação entre as faixas laranja e amarela, sendo que o município nunca retornou para a verde.

No “Programa JF Viva”, a finalidade é a retomada total das atividades sociais e econômicas na cidade, abrangendo espaços culturais e todos os tipos de eventos. O plano também leva em conta o cenário epidemiológico favorável, mas a grande novidade é monitorar o avanço da cobertura vacinal da população total de Juiz de Fora (estimada em 577.532 pelo IBGE) para progredir as etapas. Atualmente, o município já imunizou completamente pouco mais de 52% dos cidadãos e está na etapa 1 do programa.

Conheça as etapas do “JF Viva” 
ETAPA 1Condicionada à vacinação de 40%
ETAPA 2Condicionada à vacinação de 70%
ETAPA 3Condicionada à vacinação de 85%

Reabertura segura e consciente

De acordo com as determinações do “Programa JF Viva”, moradores dos condomínios da cidade podem utilizar o salão de festas para eventos e as demais áreas de lazer, tais como academias, sala de jogos, piscinas e churrasqueiras. O Executivo orienta seguir os protocolos de segurança sanitária e recomenda ainda estar com o esquema vacinal em dia contra a Covid-19 para acesso e permanência nestes espaços.

A comprovação pode ser feita por meio do aplicativo “Conecte SUS” ou por cartão de vacinação impresso. No caso de crianças até 12 anos, ainda não há recomendação de vacinação pelo Ministério da Saúde.

No caso de academias, salas de jogos e piscinas, a utilização fica limitada em 60% da capacidade do espaço em ambientes fechados e 70% em abertos

Na atual etapa do programa, para todas as atividades no condomínio é necessário manter distanciamento social de 1,5 metro, utilização de máscara o tempo todo e higienizar frequentemente as mãos com água e sabão ou álcool em gel. O regulamento também prevê que os espaços devem disponibilizar álcool 70% em lugares visíveis e de fácil acesso, bem como garantir a higienização adequada dos ambientes e materiais de uso comum.

No caso de academias, salas de jogos e piscinas, a utilização fica limitada em 60% da capacidade do espaço em ambientes fechados e 70% em abertos. Já em relação aos eventos no salão de festas e churrasqueira ficam restritos a 60% da capacidade total do espaço. A comemoração pode se estender até 5h. Apesar de não citar no Decreto e nas orientações, as novas regras do “Programa JF Viva” dão margem também para a promoção de Assembleias Condominiais de forma presencial, desde que sejam respeitadas as regras de segurança sanitária e os limites de ocupação dos espaços de realização das mesmas.

FONTE: Equipe SíndicoJF


Visitante pode usar vaga de garagem?4, dezembro 2021

Visitante pode usar vaga de garagem?

Muitos condôminos possuem mais de uma vaga de garagem, por isso, quando fazem alguma confraternização, ou recebem uma visita, disponibilizam uma das […]

Leia mais
O que o síndico não pode fazer? Veja 7 práticas proibidas no condomínio3, dezembro 2021

O que o síndico não pode fazer? Veja 7 práticas proibidas no condomínio

O síndico é uma figura importante para um condomínio. Suas responsabilidades com as questões fiscais e problemas de relacionamento entre os moradores fazem com que ele […]

Leia mais
A importância de fazer coleta seletiva no condomínio2, dezembro 2021

A importância de fazer coleta seletiva no condomínio

É necessário conscientizar moradores e funcionários sobre a separação dos recicláveis Cada brasileiro produz, em média, 387 kg de lixo por ano, […]

Leia mais