Associação garante ano de muito trabalho

28 fev | 6 minutos de leitura
Membros fundadores da primeira associação de administradoras de condomínios de Juiz de Fora e região: (da esquerda para direita) Liliane Bassoli Ferrari e Sérgio Mazeu Ferrari (Ângelo e Ferrari), Juliana dos Reis (ACM), Silayne Viccini (Lázuli), Maísa de Andrade (Prisma), Deyse Dutra (ACM), Omar Cordeiro Ulhoa e Simone Lopes Furtado (Contato), Dina Amaral (676), Ângela Galhardo de Freitas (Teccon), Marcelle Andrade Contente(Prisma), Elisângela Nogueira (Nogueira) – unidos para fazer a diferença

CRIADA EM OUTUBRO, ASSOCIAÇÃO BUSCA CRESCIMENTO COM PROFISSIONALISMO, COMPROMISSO ÉTICO E QUALIDADE


O ano 2023 será de muito trabalho e muitas novidades promovidas pela Associação de Administradoras de Condomínios de Juiz de Fora e região (AACONDOJF). Criada oficialmente em 19 de outubro do ano passado, durante uma Assembleia Geral Ordinária, a associação nasceu após o 2º Encontro de Administradoras de Condomínios, evento realizado em abril de 2022.

“Na ocasião, ocorreram trocas de experiências, sendo o objetivo e o anseio da grande maioria dos presentes, melhorar as práticas do nosso mercado. Com isso, insatisfeitos com um mercado condominial no qual vem imperando a falta de respeito, a concorrência desleal e a falta de aprimoramento técnico, veio a ideia de unir as empresas do segmento, de forma que ele cresça e se desenvolva com profissionalismo, compromisso ético e qualidade”, destaca a primeira presidente eleita da AACONDOJF, Elisangela Nogueira. Ela, em fevereiro de 2020, durante entrevista à revista O Síndico realizada na Rodada Condominial de Negócios, já expressava a necessidade de união entre as administradoras.

“Nascemos fortes e determinados e vamos, cada vez mais, conquistar espaço na defesa dos interesses dos associados”

Então, após o 2º Encontro de Administradoras de Condomínios, os organizadores do evento, a editora da revista O Síndico e CEO do SíndicoJF Mídias Digitais, Andrea Castilho; a CEO da Mundi Service, Daniele Duque; e o CEO da Kosmos Consultoria e Controladoria, Watyla Moreira, redigiram uma ata sobre o encontro e entregaram, posteriormente, aos representantes das administradoras de condomínios. Em junho, durante o café que marcou a entrega, os presentes se manifestaram mais uma vez a favor da criação e deram os primeiros passos em direção à sua formalização.

“Algumas empresas do setor se uniram, disponibilizando seu tempo e dedicação para este fim e, dessa forma nasceu a Associação das Administradoras de Condomínios de Juiz de Fora e Região, totalmente sem fins lucrativos, com o objetivo de sermos parceiros nessa jornada e, juntos, nos fortalecermos como profissionais no setor condominial, de forma sustentável e contínua, prestando serviços de qualidade e agregando valores e resultados para nossas empresas. Nascemos fortes e determinados e vamos, cada vez mais, conquistar espaço na defesa dos interesses dos associados”, aponta a vice-presidente da AACONDO|JF, Silayne Vicinni.

O diretor social, de propaganda e marketing da AACONDO| JF, Omar Ulhoa, ressalta o caráter de representatividade da associação. “Com a representatividade que buscamos alcançar, objetivamos promover ações de regulamentação e fiscalização de critérios éticos, com intenção de coibir a atuação de empresas não capacitadas e legalmente impedidas de exercer a administração de condomínios em nossa região, evitando, com isso, situações que gerem um desprestígio às atividades administrativas que venham causar prejuízos aos condomínios e associações.”

Além disto, segundo ele, a AACONDO|JF tem o propósito de se posicionar frente aos interesses de todas as ações que integram as atividades finais das administradoras, interpretando legislações e orientações jurídicas relevantes, com o foco de levar aos condomínios e associações informações quanto às obrigações e responsabilidades das administradoras perante eles.

“Nossa associação tem a pretensão de ir mais além, deseja cooperar com órgãos e autarquias públicas em aprimorar estudos e buscando soluções para questões que envolvam interesses comuns com o ramo condominial, apoiando e sugerindo ideias para projetos de leis que atendam aos interesses de nossa área de atuação, tão carente de uma atenção mais expressiva”, aponta Omar.

“Minha satisfação é grande por ter contribuído, juntamente com os parceiros Watyla e Daniele, promovendo uma movimentação no segmento da cidade, que acabou resultando na criação da AACONDO|JF. Certamente, teremos um fortalecimento do segmento e um salto de qualidade dos serviços, além da conquista de mais respeito dos síndicos e uma organização maior do setor. Creio que, com a AACONDO|JF, Juiz de Fora possui grande potencial para se destacar a nível estadual nesse segmento. Dedico a meu pai, Joaquim Castilho (in memoriam), pioneiro no ramo, a honra de ter participado deste feito”, destaca a jornalista Andrea Castilho.

AÇÕES PARA 2023

Omar destaca que “as perspectivas para este ano são as melhores. A intenção é melhorar o relacionamento comercial entre as administradoras, promovendo campanhas que venham informar ao público em geral assuntos correlacionados ao nosso ramo de atuação e sobre as vantagens de se confiar em uma administradora associada à AACONDO|JF.”

Uma carência identificada que deve ser atendida é a criação de um banco de dados com profissionais qualificados e com experiência no ramo condominial, de modo a agilizar a contratação pelos associados. E mais: “nossa intenção é promover cursos de treinamento e aperfeiçoamento para empregados das empresas associadas, bem como promover eventos para consolidar as relações interpessoais de nosso ramo de atividade, agregando qualidade aos profissionais envolvidos diretamente e, uma melhoria constante na efetividade e qualidade dos serviços oferecidos pelas nossas administradoras associadas ao mercado de Juiz de Fora”.

MOLA PROPULSORA

Elisangela lembra que “a nossa mola propulsora para toda essa mobilização e busca constante pela qualidade são os nossos condomínios. Eles nos impulsionam, nos motivam e, nesse propósito, nos dão a certeza de que só temos um caminho a seguir: nos aprimorarmos para uma prestação de serviços moderna, atualizada e transparente. Ayrton Senna nos deixou a frase ‘Na adversidade, uns desistem, enquanto outros batem recordes’ e é com esse pensamento de perseverança, mesmo em meio inóspito, que encontramos, na união das administradoras, o melhor caminho”.

E foi justamente nos condomínios que foi desenvolvida a primeira ação da AACONDO|JF. No ano passado, a associação esteve presente no 13º Dia do Síndico, quando lançou o projeto “Condomínio do Bem – Ceia para Todos”, por meio do qual arrecadou mantimentos não perecíveis junto às centenas de condomínios administrados pelos associados, para posterior distribuição a duas entidades não governamentais e beneficentes de Juiz de Fora.

“Acreditamos que ‘a união faz a força’ não é só um ditado popular, mas sim uma realidade que faz a diferença, sobretudo quando as intenções são positivas. Saber viver em um mundo competitivo é necessário, enxergar no concorrente um desafio é prazeroso, mas cuidado! A competição tem que ser alicerçada no respeito e na concorrência leal”, destaca Silayne.

COMO SE TORNAR UM ASSOCIADO?

Para se tornar um associado, é obrigatório que a empresa tenha sua inscrição no Conselho Regional de Administração (CRA-PJ) e/ou no Conselho Regional de Corretores de Imóveis (CRECI/ MG) e preencha uma Ficha de Adesão, aceitando as normas estabelecidas no Estatuto previamente aprovado em Assembleia.

O atendimento da AACONDO| JF, por enquanto, é feito de forma virtual, pelo e-mail aacondojf@gmail.com e pelo Instagram @aacondojf. Por meio desses canais é possível obter informações sobre taxas de adesão e manutenção.

Entre as empresas associadas, estão: ACM Assessoria Condominial, Angelo&Ferrari Administração de Condomínios, Contato Administração de Condomínios, Lázuli Condomínios e Síndicos, Nogueira Imóveis, Prisma Administração Condominial, Grupo Teccon e 676.

FONTE: Revista O Síndico – Edição 53


Cresce adesão à energia solar por assinatura em Juiz de Fora19, julho 2024

Cresce adesão à energia solar por assinatura em Juiz de Fora

Por sustentabilidade, entendemos, a forma de suprir as necessidades do presente sem afetar as gerações futuras. O desenvolvimento sustentável busca maneiras de […]

Leia mais
Condomínios Clube – A Importância do Controle Patrimonial14, julho 2024

Condomínios Clube – A Importância do Controle Patrimonial

  ESCRITO POR: Sergio Paulo da Silva Sócio da Indep Auditores Independentes, perito contábil, auditor contábil CNAI e membro da Comissão de […]

Leia mais
Advogada de JF é membro da Comissão Nacional de Direito Condominial da ABA11, julho 2024

Advogada de JF é membro da Comissão Nacional de Direito Condominial da ABA

Silayne Viccini soma mais de duas décadas no ramo condominial e está à frente da Lázuli Condomínios e Síndicos Somando mais de […]

Leia mais